domingo, 22 de abril de 2007

Pequim, Havana e Yahoo

A foto foi publicada no jornal cubano Granma e reproduzida no portal de O Globo. Fidel recebe uma delegação oficial chinesa dirigida por Wu Guanzheng, manda-chuva do PC da China.
A roupa vermelha, a barba longa e esbranquiçada, o rosto espanholado, a ponta capitelada de sua cadeira, o fundo branco, dão a Fidel a aparência de um velho cardeal da Cúria romana que lê orientações para os emissários de uma diocese asiática. Mas o assunto da conversa deles certamente não foi religião.
Talvez, Fidel tenha perguntado a Wu: como vocês fazem para se darem tão bem com os EUA? Sai Nixon, vem Ford, entra Carter, chega Reagan, surge Bush pai, ganha Clinton, sobe Bush filho e vocês continuam numa boa? Fazendo muitos bons negócios e dando tapinhas nas costas. ¡Caramba!, ¡Caracoles! Ustedes não exercem uma ditadura do proletariado tão leninista como a minha? Não são tão comunistas quanto eu? Por que só eu amargo 45 anos de embargo comercial e a hostilidade pertinaz de los gringos?
E Wu respondeu: Por causa da economia, estúpido! Porque o nosso mercado é imensamente maior que o seu! Porque, como disse um fabricante de cosméticos americano, temos 3 bilhões de sovacos esperando por desodorante! Porque nós compramos bônus do Tesouro americano pra xuxú! Porque o que conta mesmo é o número de consumidores chineses e não o número dos prisioneiros políticos chineses!
Segundo informa o Granma, Wu é Secretario de la Comisión Central de Control Disciplinario del Partido Comunista Chino
. Assim, a conversa pode ter abordado também a dificuldade de exercer o Control Disciplinario nestes tempos de Internet invasiva e blogosfera febricitante.
Aliás, Wu contou a Fidel que está incomodado. O processo que Wang Xiaoning abriu num tribunal de San Francisco pode dar rolo na Comisión Central de Control Disciplinario e gerar chiadeira contra a China nos EUA. Curioso, Fidel perguntou: mas o que aprontou este tal de Wang, Wu? Vê aí no Google News, disse Wu. Fidel gugou sem querer nas “news” brasileiras (vira e mexe, o Internet cubano dá estes paus) e só achou uma notícia merreca na parte de informática do Folhaonline
e chamadinhas noutras seções de informática. Gugou então em inglês e pescou o artigo do Herald Tribune onde está tudo explicado.
Por intermédio de sua mulher, Yu Ling, residente na Califórnia, Wang está processando Yahoo por fornecer à polícia política chinesa dados que permitiram o seu rastreamento e a sua prisão. Oposicionista que se exprimia na blogosfera, Wang pegou dez anos de cadeia. Na operação, outros dissidentes também foram presos e condenados.
Fidel leu a notícia cabreiro até chegar na declaração de Jim Cullinan, porta-voz de Yahoo. Aí deu um sorriso e disse para Wu : ¡Todo está bien!
De fato, conforme está escrito no Herald, Cullinan declarou:«As companhias fazendo negócio na China são forçadas a seguir as leis chinesas … Yahoo não sabe se o pedido de informações destina-se à investigações criminais legítimas ou vai ser usado para perseguir dissidentes políticos. »
A declaração segue uma lógica irrepreensível. E lança o argumento que servirá de base ao fascismo cibernético.

8 comentários:

Carlinhos Medeiros disse...

Belíssimo e profético artigo, professor.

Além da explicação dos três bilhões de sovacos, não entraria aí o seleto clube dos que detém tecnologias nucleares?

Mas acerca da internet, não tenho dúvida que Yahoo, Google e outras companhias podem estar à serviço da CIA, sim. Estamos sendo vigiados dia e noite.

Márcia W. disse...

Concordei com o post e comentário acima. Então era o caso da gente bronzeada em vez de mostrar seu valor levantar os sovacos???
E sobre a internet na China, Yahoo e tal seguirem tão obedientes as leis chinesas em troca da grana, é duro de engolir, msas há quem justifique que business is business, mas o império do Gates fornecer tecnologia para eles controlarem a rede é muito revelador das práticas "2 pesos 2 medidas" do mundo ocidental e iluminado.

Hugo Souza disse...

Belo artigo, muito animado
vôce nao acha que a foto é montagem? repare nos contornos do Fidel....

Zeca Afonso disse...

Belíssimo sim, mas nao vejo o que ha de profético.....

denny yang disse...

Caro Luiz,

Seu post é muito engraçado, na mistura de ficção e fato! Quase como um Moacyr Sciliar, mas diferente...

denny yang disse...

(Digo, o Sciliar tem/tinha uma coluna na Folha que ele escrevia uma ficção baseada em fatos noticiados...)abraço...

milton ohata disse...

Caro Professor,

este é de longe o seu melhor artigo neste blog, pelo tom, pela construção para-ficcional, pelo emaranhado do problema. E de esquerda, como o Sr. costuma dizer! Vocês, companheiros de blog, não concordam? E por favor, sem menosprezo de Moacyr Scliar, não o comparem com o Prof.!!!

Anônimo disse...

Genial, Felipe! Morri de rir, e ainda por cima a sério. Um beijo, Rita.